Sidebar

18
Ter, Dez

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

“Foi um processo significativo que comprovou o reconhecimento do nosso trabalho, feito com muito esforço, dedicação e visitas ao campo”. Essa foi a avaliação de Damião Andrade, reeleito para a presidência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares de Itabaianinha (STTRI), com o apoio da CTB-SE. Dos 966 votos, a chapa 1, liderada por Andrade, obteve 612.

Passada a eleição, ele já faz planos para o futuro. “Vamos trabalhar ainda mais pela prosperidade dos trabalhadores rurais e buscar fazer parcerias com a Empresa de Desenvolvimento
Agropecuário de Sergipe - a Emdagro - e com outras entidades do poder público”, salientou.

Na avaliação de Andrade, os trabalhadores rurais enfrentam muitos problemas, mas a maior dificuldade hoje está relacionada ao respeito aos direitos, como a concessão de auxílio-doença, licença-maternidade e pensão. Segundo ele, o sistema de atendimento do INSS, feito apenas pela internet, tem criado empecilhos para os trabalhadores.

“Antes eles iam a uma agência e, mesmo quando não tinham toda a documentação exigida, eram ouvidos. Hoje isso não existe mais. Queremos esclarecer todas essas questões, trazendo mais
trabalhadores para o sindicato e, assim, prepará-los para resolver esses problemas”, disse.

Damião também quer unir forças com os parlamentares e outros movimentos para lutar pela contratação de mais médicos peritos para o INSS. “A espera é longa e alguns trabalhadores só
conseguem o auxílio-doença quando estão morrendo”, enfatizou.

Niúra Belfort - CTB-SE

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Conferência Nacional

banner cndr 2015