Sidebar

20
Sáb, Out

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O dia ainda estava amanhecendo, quando nesta sexta (03/8), a direção do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari chegou as portas do Complexo Ford para realizar uma assembleia extraordinária. O objetivo do movimento foi anunciar notícias relacionadas a empregabilidade e benefícios para a categoria.

De um mini-trio, convidamos os trabalhadores e trabalhadoras que estavam saindo do terceiro turno e os que estavam entrando para trabalhar, para celebrar as boas notícias. Uma vitória. Conseguimos manter o emprego de 140 trabalhadores que estavam em regime de tempo determinado, ou seja, com prazo de finalização contratual e que agora passaram a ser contratados de forma indeterminada. Isso significa que 98% desses profissionais levarão o pão de cada dia para a mesa de suas famílias.

Atentos às informações passadas, os metalúrgicos e metalúrgicas comemoraram a vitória alcançada e em meio a essa alegria lembramos que também houve a garantia de permanência do pagamento do abono salarial e da PLR (Participação nos Lucros e Resultados). Ou seja, mais emprego e valorização para a nossa base.

O Sindicato de Camaçari é referência de luta pelos direitos dos metalúrgicos e metalúrgicas no país e conta com o apoio de autoridades políticas da Bahia. Conta com o apoio de lideranças políticas e reconhecem a luta e liderança do Sindicato. A luta seguirá e sempre tendo como norte os interesses da nossa base e do conjunto da classe trabalhadora brasileira.

*Júlio Bonfim é presidente licenciado do Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari - Bahia.


 

 Os artigos publicados na seção “Opinião Classista” não refletem necessariamente a opinião da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e são de responsabilidade de cada autor.

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.