Sidebar

21
Qua, Nov

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A candidata à prefeitura do Rio de Janeiro, Jandira Feghali (PCdoB) denunciou, em debate ao vivo, a participação da Rede Globo de Televisão no golpe de Estado ocorrido em 31 de agosto no Brasil.

Ao endereçar pergunta ao candidato da direita, Pedro Paulo, Feghali afirmou que não poderia deixar de dizer "que esta emissora apoiou o golpe contra a democracia" e complementou reafirmando que o golpe foi "contra uma presidenta eleita e depois cassada sem crime nenhum".

A candidata vem mostrando em sua campanha, a mesma firmeza que demonstra nos embates na Câmara dos Deputados. Destacou-se tanto na resistência à trama do impeachment que se tornou líder da minoria (partidos de oposição ao desgoverno Temer) na Câmara.

Leia mais 

Mulheres são maioria do eleitorado, mas há poucas candidaturas femininas

Feghali é médica e defensora dos direitos das mulheres, dos negros e negras, da comunidade LGBT e da juventude. Sempre esteve na luta pela saúde e educação públicas e de qualidade, além do acesso à cultura.  Nunca fugiu à luta e foi um das vozes mais importantes na defesa da democracia e do mandato da presidenta Dilma Rousseff. Seu slogan "É a vez das mulheres" emplacou no Rio e tem alavancado sua candidatura rumo ao segundo turno.

Assista a denúncia de Jandira Feghali via Mídia Ninja

 

Portal CTB

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.