Sidebar

18
Qui, Out

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os metalúrgicos do sindicato dos trabalhadores de Simões Filho, na Bahia, realizaram uma paralisação parcial e um ato em frente à fábrica da Bosch na manhã desta sexta-feira (10), Dia Nacional do Basta em todo o país, em uma das manifestações que marcam o protesto nacional contra o governo e por direitos.

O movimento pretende pressionar autoridades e expressar a insatisfação da classe trabalhadora com o crescente desemprego somado à precarização do trabalho e à perda de direitos trabalhistas com a aprovação da lei da terceirização ilimitada e da reforma trabalhista.

Em Belo Horizonte, assim como em São Paulo, Belém, Porto Alegre e outras capitais, dirigentes da CTB e demais centrais sindicais realizaram panfletagens em estações de metrô a partir das 6h30, com distribuição de jornais e da agenda prioritária da classe trabalhadora, que apresenta 22 propostas para o país voltar a crescer, com valorização do trabalho, mais emprego e desenvolvimento.

Na capital gaúcha (foto abaixo), o ato começou em frente à sede da Fecomércio. O grupo saiu em caminhada até o Palácio Piratini e terminará o ato, em frente ao TRT, em um gesto de apoio à Justiça do Trabalho.

"O ato demonstra unidade na luta e resistência contra a reforma trabalhista e os retrocessos pautados pelo governo Temer", disse Guiomar Vidor, presidente da CTB-RS.

Confira abaixo imagens de atos pelo país (Porto Alegre, Belo Horizonte, Belém, São Paulo e Salvador):

2deae4ea-e0a7-430c-8e36-4bcfac112b43.jpg

 

1cdb23b1-53f3-4d45-8f7f-70f79298e459.jpge9e70053-85b7-4f0a-a70f-f6427363a29a.jpg

60926010-758f-45ce-b646-592316136381.jpg

 Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.