Sidebar

20
Dom, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Continua nesta quarta-feira (12) a greve dos trabalhadores em postos de combustíveis de todo o estado da Bahia.A ´paralisação foi inciada na última segunda-feira (10).

O Ministério Público do Trabalho convocou o sindicato patronal e o Sinposba (Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis da Bahia) para mais uma negociação diante do movimento grevista. É mais uma tentativa de se chegar a um acordo, de quebrar a intransigência dos patrões que insistem em retirar direitos da categoria e a multa normativa que pune os que desrespeitarem a Convenção Coletiva de Trabalho.

A adesão e o apoio da sociedade e de entidades sindicais à greve aumentou nesta terça-feira (11), com grande repercussão na imprensa baiana. Os patrões lançaram nota e contrataram mais “seguranças”, inclusive armados, para intimidar e demover a determinação dos trabalhadores em manter o movimento. Chamaram a Polícia Militar como força repressora numa total violação de papeis ao usar o aparato do Estado para reprimir movimento de trabalhadores.

A Greve continua nesta quarta-feira, 12, nos postos; por isso a Diretoria do Sinposba conclama os trabalhadores e trabalhadoras em postos de combustíveis da Bahia a continuarem a luta, e manterem-se firmes no propósito de conquistar suas justas reivindicações porque o lema desta Campanha Salarial é nenhum direito a menos.

.

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.