Sidebar

21
Ter, Ago

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Diferentes protestos e paralisações marcam esta sexta-feira (10), Dia do Basta, no Rio de Janeiro. Após rejeitarem a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), os bancários do Rio fizeram uma paralisação parcial na manhã de hoje nas agências bancárias da avenida Rio Branco, na capital fluminense.

A central e o Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro promoveram manifestações em frente a diversas lojas (como Marisa e C&A) em protesto contra a retirada de direitos dos funcionários do comércio, que estão travando uma dura negociação com o setor patronal, com greves e paralisações.

Os metalúrgicos de Angra dos Reis fizeram um ato logo cedo promovido pela CTB e a Frente Ampla Sindical de Angra dos Reis. 

Educação

Em Petrópolis, os professores realizaram assembleia na manhã de hoje e votaram pela continuação da greve da categoria. 

Ato na Praça XV

Começa às 16h o ato público promovido pela CTB-RJ e demais centrais sindicais com as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

O presidente da CTB-RJ, Paulo Sérgio Farias, defendeu a necessidade de dar um basta a tudo que vem ocorrendo no Brasil e, em especial, ao caos que tomou conta do Rio de Janeiro desde o golpe de 2016.

"O Rio de Janeiro foi o estado que mais se prejudicou com este golpe dado por este consórcio liderado por grandes interesses contrários ao nosso país, aos nossos estados e que trouxe enormes prejuízos à classe trabalhadora. Hoje estamos nas ruas para dar um basta e vamos derrotar este projeto nas ruas e nas urnas".

Portal CTB

 

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.