Sidebar

19
Qui, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

CTB e Sitram panfletam na zona Oeste de Boa Vista/RR

Com a chegada da primavera, a Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Boa Vista (Sitram) iniciaram a estação dos dias mais longo do ano com uma manifestação na zona oeste de Boa Vista. Os trabalhadores panfletaram na Avenida Princesa Isabel em frente ao Sitram no Bairro Santa Tereza. A ação recebe o nome de “Primavera de Lutas” e segue uma agenda nacional de centrais na luta pela retomada do crescimento e em defesa do emprego.

Segundo a organização, a escolha do local se deu para descentralizar as manifestações que sempre acontecem no Centro da capital. A intenção é levar o conhecimento político aos moradores e trabalhadores dos bairros mais distantes e por onde passam centenas de pessoas todos os dias. “O objetivo de fazer uma panfletagem em frente ao Sitram foi de chegar mais perto do trabalhador enquanto ele vai para o trabalho e levar informações que provoquem reflexão sobre a atual conjuntura política”, destacou Sueli Cardozo, presidente do Sitram. O ato contou com o apoio de guardas de trânsito da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito (SMST).

“Este é um momento de reflexão e união entre as centrais e sindicatos para não abrirmos mão dos nossos direitos perante o Governo que insiste em prejudicar a classe trabalhadora” – Lucinalda Coelho, presidente da CTB – Roraima.

Motorista de táxi-lotação há cinco anos, Antônio Erbson diz sofrer com os constantes aumentos no preço da gasolina. “É horrível ter reajuste no preço da gasolina constantemente. Pra gente que trabalha com transporte público é complicado, além de tudo são ruas quebradas, muitos buracos e nós pagamos muitos impostos”. O preço da gasolina em Boa Vista chega a quase quatro reais.

Em Roraima, a taxa de desempregados marcou no 1º trimestre de 2017, a maior taxa de desocupação da história, chegou a 10,3% segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O percentual equivale a quase 21 mil pessoas sem trabalho no estado. Desse total, 15 mil vivem na capital, a maioria são mulheres com idade entre 18 e 39 anos. 

 PRIMAVERA - Roraima só tem duas estações, o inverno e o verão, mas o nome do ato simboliza um momento de renovação por ser um período com dias mais longos. “Caminhamos para um ano decisivo. Precisamos de ações mais consequentes que promovam o desenvolvimento e a geração de empregos”, acrescentou Lucinalda Coelho.

Por Camila Souza e Felipe Medeiros Foto: Camila Souza

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.