Sidebar

18
Qui, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, seção Maranhão (CTB-MA) mobiliza a classe trabalhadora, juntamente com as outras centrais sindicais na sexta-feira (10), véspera de entrada em vigor da reforma trabalhista, que destrói os direitos da classe trabalhadora. O Dia Nacional de Lutas promete no estado.

“A mobilização é geral no Maranhão para a realização de um grande protesto contra essa reforma trabalhista, que é praticamente a volta da escravidão”, afirma Joel Nascimento, presidente da CTB-MA.

De acordo com ele, “os patrões e o governo federal estão festejando o fim da CLT”. Por isso, diz, “a classe trabalhadora precisa se unir e se organizar para que os nossos direitos trabalhistas sejam devolvidos. Precisamos resistir a todo custo”.

Veja a programação do dia 10 de novembro no Maranhão

Nascimento conta que a mobilização está forte no estado com a participação de todas as centrais sindicais maranhenses, os movimentos sociais e vários partidos de esquerda e democráticos.

“Na sexta-feira (27) fizemos uma grande mobilização em defesa do servidor público em São Luís. A nossa preparação para o dia 10 está de vento em pompa”, afirma Nascimento.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.