Sidebar

26
Ter, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

As seções da CTB em Alagoas e Mato Grosso do Sul vão inaugurar uma nova fase em sua trajetória nesta sexta e sábado (17 e 18), com a realização de seus Congressos Estaduais, que terão a finalidade de eleger a nova diretoria estadual, bem como os delegados e delegadas que participarão da etapa nacional, entre os dias 23 e 26 de agosto, no Anhembi, em São Paulo.

No Mato Grosso do Sul, o Congresso acontece na sexta-feira, em Campo Grande, na Sociedade Vicente Palotti, localizado à rua Júlio Verne, nº 1, Vila Albuquerque. A atividade contará com o apoio de Gilda Almeida, secretária adjunta de Finanças da CTB nacional.

O objetivo é reunir cerca de 120 trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade. Devem participar trabalhadores rurais de várias regiões, servidores públicos, professores, radialistas, guardas municipais, trabalhadores do Poder Judiciário e dos Correios.

"É uma nova fase para a CTB-MS. Ao longo desses anos tivemos um crescimento expressivo no campo. Agora queremos crescer na cidade, entre os trabalhadores urbanos. Vai ser uma grande conquista", destacou Ricardo Fróes, presidente da estadual da CTB.

Já em Alagoas, a data definida é o dia 18 de maio e quem acompanha o processo é o secretário de Imprensa e Comunicação da CTB nacional, Eduardo Navarro.

De acordo com Sinval de Melo Costa, dirigente da CTB-AL, dezenas de sindicalistas devem participar do Congresso que fará ajustes estatutários. “Vamos entrar num processo de crescimento. Virar a página dando prosseguimento às propostas aprovadas no Seminário de Planejamento Estratégico de 2012, que estipulou uma meta de crescimento”, destacou o sindicalista.

O dirigente diz que objetivo é reunir as centrais sindicais em um ato político para consolidar essa aliança. “Pretendemos fazer um pacto entre as centrais durante o congresso. Já convidamos todas para participarem do ato político”, salienta.

Portal CTB



0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.