Sidebar

24
Seg, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

 

Professores e auxiliares administrativos que atuam em instituições de ensino privadas do Mato Grosso, terão um reajuste de 6.49% sobre os salários, o que representa, além do reajuste, 1% de ganho real. O aumento tem como base o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) e será retroativo a maio, data-base da categoria. A CCT foi assinada no último dia 1º (quinta) depois de vários meses de negociação entre o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso e o sindicato que representa os estabelecimentos (Sinepe-MT).

Também houve aumento significativo nos pisos, os quais tiveram reajustes entre 6.49% e 25%. Além disso, manteve-se as cláusulas sociais, inclusive bolsas, sem retrocesso, ressalta a presidente do sindicato dos trabalhadores, Nara Teixeira. Segundo ela, a negociação foi vitoriosa. “Tivemos um dos melhores índices da nossa categoria em todo o País”.

O reajuste salarial está entre os itens fechados na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria, formada por professores e profissionais como telefonistas, inspetores de pátio, bibliotecários, coordenadores de curso, de faculdades e escolas particulares. Ao todo, 10 mil trabalhadores em todo o Estado serão beneficiados com as conquistas da negociação coletiva, que foi coordenada pelo SINTRAE-MT.

Segundo Nara, o sindicato estará preparando um material informativo, explicando com mais detalhes todas as modificações da nova CCT.  Ela explica que estão sendo tomadas medidas para acelerar ainda mais as negociações  à partir de agora. “Em nossa última assembléia, foi deliberada a formação de comissões para já dar início à negociação coletiva do próximo ano”.

A nova CCT estará disponibilizada no site www.sintraemt.com.br à partir da semana que vem. Mais informações: 3623 3403.

Fonte: Comunicação Popular

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.